Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas, Café & Sorrisos

Atreve-te a ser tu mesmo todos os dias!

Atreve-te a ser tu mesmo todos os dias!

Conversas, Café & Sorrisos

03
Jan18

A resolução de 2018 que entrou pela janela


Ana Rita 🌼

Olá a todos, vou iniciar este ano para vos contar uma peripécia que se transformou num drama e por fim numa resolução de ano novo.

 

"No dia 31 de Dezembro  o meu esponjo abriu a porta da varanda da cozinha e entrou-nos pela casa dentro uma gatinha bebé. Não tinha mais que 3 ou 4 meses e entrou pela nossa casa a dentro toda confiançuda como se fosse tudo dela.

 Eu e ele ficámos a olhar uma para o outro do estilo "de onde é que esta bicha veio?" pois nós moramos num 1º andar e das duas uma ou era de um dos vizinhos ou tinha vindo pelos telheiros.

 Na minha boa fé fui porta a porta perguntar aos vizinhos se alguém tinha perdido uma gata e NADA, ninguém sabia nem ninguém conhecia a gata ou sequer associavam a A ou a B.

 Vim para casa e em conjunto decidimos que não íamos colocar a gatinha novamente na rua (seria totalmente desumano) então fomos numa corrida ao hipermercado comprar uma caixa, areia e comida (era o mínimo para a gata poder ficar por lá).

 Ora com isto tudo o meu filho estava em êxtase, lá lhe dissemos que a gata poderia ficar MAS que se os donos aparecessem tínhamos que devolver. Ele decidiu que ela era a LADY e andou toda a tarde a brincar com ela e a fazer-lhe festas (ou seja um regabofe ele e a gatinha).

 Por volta das 20h tocaram á campainha e era uma senhora que se identificou como a vizinha do A (a varanda que faz esquina com a minha) e se tínhamos visto uma gatinha bebé.

 Ora a dona Lady por esta altura já tinha ouvido a voz da dona e veio disparada para a porta, a senhora chorada e agradecia e o meu filho chorava baba e ranho e dizia "não leves a minha gatinha" - e uma gaja no meio daquilo tudo a tentar explicar-lhe que a senhora era a mamã da gatinha e que ela tinha que ir para casa.

 

 Bem lá ela foi e lá nós ficámos todos desconsolados!! 

 

O pequenote passou a noite toda a choramingar e de noite fartou-se de chamar pela gata a sonhar. Eu e o meu esponjo falámos e chegámos a um acordo que - se íamos ficar com a outra, porque não adoptar uma gatinha e fazer feliz o pequenote?

 Procurámos na net em associações e particulares e ontem fomos adoptar esta menina linda e muito meiguinha."

Presento-vos a Lady Cat

Tem 2 meses e uns dias e só faz é dormir e brincar e uma particularidade...a ponta da cauda é torta!!! ahahahah 

IMG_20180103_085543.jpg

 

   

 

 

11 comentários

Comentar post