Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Conversas, Café & Sorrisos

Atreve-te a ser tu mesmo todos os dias!

Atreve-te a ser tu mesmo todos os dias!

Conversas, Café & Sorrisos

13
Out16

Ana tu não sabes ser magra...


Ana Rita 🌼

Não sou dada a dietas nem nada dessas coisas, não faço exercício e não faço mesmo rigorosamente nada para me ajudar a emagrecer, como não sou gorducha não tenho grandes preocupações.

 

Mas quando ando mais enervada ou mais em baixo ou mais preocupada com as coisas da vida ou do trabalho tenho tendência a emagrecer desalmadamente - Nervos.

 

E de à umas semanas para cá ando mais atarefada com as coisas do trabalho, alimento-me por e tal...houve coisas da vida que também me stressaram e PIMBAS menos 5 kg em duas semanas.

 

Agora, que as coisas estão mais calmas vida/trabalho a conversa do esponjo ontem

 

P: Ana, tu não sabes mesmo ser magra pois não?

A: Porque é que dizes isso?

P: Porque ainda agora acabaste de comer e já estás a comer porcarias?!

A: Pois... mas eu tenho fome!!

 

O P olha para mim com ar esmorecido de quem sabe que aquilo é uma guerra perdida.

Eu confesso...não sei ser fit! 

food-addiction-girl-eating-cake.jpg

Imagem retirada daqui

 

12
Out16

Viagens de riso


Ana Rita 🌼

Ontem (mais uma vez) apanhámos um acidente que nos reteve mais de 2h no trânsito.

Quatro mulheres dentro do carro, todas com os respetivos maridos e/ou filhos em casa toca de começar a ligar à vez para casa para avisar que a hora de chegada seria próxima (ou mesmo após) das 20:00h.

Liguei para o esponjo:

Ana - Abortar missão compras, abortar missão compras... Maria no trânsito hora de chegada prevista para as 20h.

P - Então e a fruta? O que é que vamos jantar?

Ana - Jantamos o que há no frigorifico.

P - Não temos fruta...

Ana - Fazes Gelatina e pronto come-se isso.

Filipa liga para casa:

Filipa - Mor só vou chegar a casa lá pás 20h.

R - Então e o jantar?

Filipa - Comemos qualquer coisa faz só um acompanhamento.

Patricia liga para casa:

Patricia - Tô .. vou chegar atrasada a casa estamos empancadas no transito.

N - E o jantar?

Patricia - Há sopa...comemos sopa e mais qualquer coisa.

N - OK

A Cláudia liga para casa:

Cláudia - Tô coração, estamos atrasadas apanhámos um acidente.

Z - O que é que vamos jantar?

Cláudia - Passa na churrasqueira e compra frango.

Z - Tá bem!

 

Viram a cadência das conversas?? isto foi vira o disco e toca o mesmo...que é como quem diz troca o casal mas a conversa é a mesma...

 

56065293-grupo-de-ni-os-de-dibujos-animados-hablan

 

 

11
Out16

Os dois lados das mesmas histórias/estórias


Ana Rita 🌼

Quando nos acontece alguma coisa na vida, normalmente uma situação infeliz ou menos benéfica para nós, temos a tendência a culpabilizar os outros ou o mundo por aquilo que nos acontece.

Assumi-mos à partida que o erro foi dos outros e estamos tão condicionados por nós próprios, tão zangados ou injustiçados que não damos oportunidade aos outros de se justificarem ou de nos tentarem mostrar o "outro lado da situação".

Antes de mudar de casa para onde estou agora - sitio de onde sai o transporte da empresa - chegava a estar ás meias horas ou mesmo uma hora à espera que o dito transporte chega-se ao ponto de encontro (Na Gare em Lisboa) - ora eu esperava e desesperava, muitas vezes ao frio e à chuva.

A pessoa que conduzia justificava-se com o trânsito e que saía de casa super cedo sempre e nunca conseguia estar a horas...e eu pensava "pois pois, é a caminha que está quentinha e o resto que se lixe".

Hoje em dia continuo a fazer o mesmo trajecto mas a partir do Ponto A (inicio do trajecto) para o Ponto B (Gare do Oriente) e percebi que o horário de saída influência muito mesmo mas que há dias que saímos a horas e parece que decidiu tudo ir para Lisboa de carro.

 

Ora, como esta, tantas outras coisas que acontecem e das quais eu tomo o meu próprio partido logo à cabeça. Esta é uma das lições que tiro da minha vida ... tal como a moeda, também as histórias/estórias têm duas faces!

DOIS-LADOS-DA-MOEDA.jpg

 

07
Out16

Eu e o meu nome de guerra


Ana Rita 🌼

Como é dia do sorriso e como os senhores da Comercial disseram rir faz-nos parecer não 1, não 2 mas 7 anos mais novos - por isso é que eu com 29 pareço uma gaiata de 17 anos  - vou contar-vos uma peripécia da minha vida que ainda hoje me faz rir.

 

O meu pai a quando do nascimento desta linda flor que sou eu, tentou convencer a minha mãe a pôr-me o nome de Ana Catarina, ao que a minha mãe lhe respondeu terminantemente que NÃO - Sofia para cá, Rita para lá... ficou Ana Rita e pronto "a mãe é que manda" 

Mas o meu pai, não conformado com a situação passou a chamar-me Catarina - o homem gosta mesmo desse nome não brinquem - ela era "Catarina para aqui" "Catarina isto" " Catarina aquilo" não só em casa, sim senhores e senhoras ele não se coibia de me chamar esse nome (que só naquela da loucura...nem era o meu) e as pessoas ficavam convencidíssimas que esta lady aqui se chamava Catarina.

 

Um belo dia ia eu na rua - aí pelos meus 15 ou 16 anos - e vêm uma senhora de frente para mim a sorrir-me de orelha a orelha (eu não fazia PUTO de ideia de quem ela era) quando se aprochega da minha pessoa diz:

A senhora sorrisos  - Então Catarina estás boa?

Eu em modo ar confuso  - Desculpe mas deve estar a fazer confusão!

A senhora com ar indignado  - Não não estou, tu não és a filha do Sr. G?

Eu ainda mais confusa  - Sou.

A senhora com ar de triunfo  - Então és a Catarina.

Eu após alguns minutos de reflexão  - Sou a filha do G mas eu não me chamo Catarina, esse é só o meu nome de guerra.

A senhora agora ela era a confusa  - Nome de guerra?

Eu de ar sorridente  aí vai a explicação - Sim o meu pai têm a mania de me chamar Catarina mas na realidade o meu nome é Rita.

A senhora ainda confusa  - Umh...pois....e então está tudo bem com o pai e com a mãe?

Eu que percebi logo que ela não tinha percebido nada  - Sim tudo, bem até à próxima!

A senhora ainda confusa ficou a olhar para as minhas costas a ir-me embora...deve ter pensado que nós éramos todos malucos e que aquela conversa não tinha nexo nenhum.

 

E sim é isto...o meu pai a fazer-me fazer figuras desde 1987 

incoming-baby-war.jpg

 

04
Out16

10 truques de poupança que vão dar jeito em vossa casa


Ana Rita 🌼

 

Hoje o post é uma colaboração com a marca Zaask que é uma plataforma de melhoria de contratação de prestação de serviços e...

 

Hoje vamos falar-vos sobre poupança!

 

Acho muito importante termos vários cuidados em casa nos tempos que correm, sobretudo quando já temos filhos e as despesas se vão acumulando. E como o meu orçamento não estica tanto quanto quero, acabo por usar imensos truques em casa para conseguir poupar. Aqui vos deixo alguns dos meus truques mais infalíveis:

 

1. Sempre que carregarem o telemóvel, retirem o carregador da tomada. Se não o fizerem, mesmo não parecendo, estão a gastar imensa energia desnecessariamente!

2. Quando saírem de uma divisão por um período superior a 10 minutos, não se esqueçam de apagar sempre todas as luzes – mas todas mesmo, pois nunca se sabe quanto tempo demoram a voltar.

3. Quando saírem de casa por longos períodos de tempo, desliguem as vossas televisões e computadores, e esqueçam o stand by. Não compensa, acreditem!

4. Evitem o micro-ondas para descongelarem os alimentos. Prefiram fazê-lo deixando a comida ao ar livre ou mesmo dentro de água, até porque, depois de feita, sabe muito melhor.

5. Não há nada melhor do que as lâmpadas LED para pouparem energia, pois são muito ecológicas e amigas do ambiente. Por isso, coloquem de parte aquelas mais convencionais e vejam a grande diferença quando fizerem as contas no fim do mês.

6. As máquinas de lavar/secar roupa, assim como a da loiça, devem sempre trabalhar com a carga completa. No entanto, se precisarem de as colocar a trabalhar e não as conseguirem encher, optem pelos programas mais económicos.

7. Vem aí o Inverno e o frio não tarda a apertar, portanto, quando precisarem de ligar o aquecimento, coloquem-no no mínimo e em sítios onde o calor possa circular livremente, sem quaisquer obstáculos. Ah, e claro, fechem todas as portas para que este não fuja!

8. Não precisam mesmo de colocar vários electrodomésticos a trabalhar ao mesmo tempo, pois não? Coloquem-nos a trabalhar de forma separada e, de preferência, com algum espaço de tempo entre eles, para não sobrecarregar o vosso quadro eléctrico.

9. Se, realmente, precisarem de colocar a trabalhar dois ou três equipamentos em simultâneo, ou um a seguir ao outro, escolham uma tarifa bi-horária para a vossa casa. E não, não é conversa… compensa mesmo!

10. Por muito que digam que não têm tempo ou que se esquecem (eu compreendo, também era assim), vão tendo atenção à manutenção dos vossos electrodomésticos, dos vossos canos, das vossas torneiras, etc. Tenham especial atenção a algum sinal de desgaste. Se notarem algo, sobretudo nos canos (a sua falta de manutenção pode gerar despesas gigantes), não esperem muito tempo para chamarem pelos canalizadores mais adequados.

 

Sempre tive cuidado com as despesas extra e com os desperdícios cá de casa, mas, com esta crise, tornei-me ainda mais poupadinha!

Espero que vocês se tornem também! 

 

 

thumbnail_imagem 1.jpg

Fonte da imagem: Pinterest

Pág. 2/2