Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Conversas, Café & Sorrisos

Atreve-te a ser tu mesmo todos os dias!

Atreve-te a ser tu mesmo todos os dias!

Conversas, Café & Sorrisos

27
Dez16

Ainda sobre o Natal...reflexão


Ana Rita 🌼

As prendas!!

 

Sou uma gaja a modos que um bocado mimada e sempre fui habituada a ter um pinheirinho recheado de prendinhas para a minha pessoa. Ora como boa filha única as coisas eram todinhas para mim 

Acontece que, de há 4 anos a esta parte (sendo que o natal de grávida também já não abonou a meu favor) um puto xarila veio e roubou-me não só o protagonismo como...as minhas prendas. 

 

A coisa deve que ser dividida em 2 sendo que...a parte dele é 90% e a minha 10% (ou assim pensava).

gif.gif

 

Ora este ano decidi que não queria cá dinheiro de ninguém - avós, pais, padrinhos e tal e couves - este ano queria que eles tivessem algum trabalho que não só o de desembolsar umas notas para dentro de um envelope com um postal catita.

Tendo em conta que o meu rebento de 3 anos tinha, sei lá, umas 350 prendinhas - só cangalhadas de bonecos e legos - cum caneco lá vou eu ter que "limpar" o quarto sem que o moçoilo se aperceba. Este ano também eu tive o meu quinhão de prendas no sapatinho.

 

Constatação:

 

Realmente quanto mais crescemos e vamos deixando de ser crianças não só a escolha dos nossos presentes se torna mais complicada como a exigência se torna maior.

Enquanto em pequenos nos contentamos com um brinquedo de 5€ ou 6€ quando jovens e adultos com esse valor pouco ou nada se compra que seja do nosso verdadeiro agrado ou que preencha os requisitos de "prenda". 

Pois que 300€ - valor que facilmente se dá por um telemóvel ou um tablet - compra uma boa meia dúzia de carros tele-comandados, barbies ou puzzles.

Pois que enquanto nós temos um embrulho de 300€ os pequenitos ganham 6 embrulhos - isto é mais papel e mais quantidade e muitas vezes o mesmo valor ou menos.

Ou seja, Rita és uma mãe desumana porque estás a comparar o dinheiro que te dão e com o qual compras 2 ou 3 prendas, com as 350 prendas do teu filho que não chegaram ao valor de 1 das tuas. Quem é que fica a ganhar umh?? 

Pois que é verdade...e venha o adulto mais pintado de ouro que diga que EU NUNCA comparou a sua quantidade de prendas com as do primo A ou do sobrinho B. 

Caramba Rita...onde é que anda esse espírito de Natal? 

 

raw.gif

 

 

27
Dez16

Bye Bye espírito natalicio facebookiano


Ana Rita 🌼

Durante uns quantos dias tive o meu Facebook inundado de mensagens de paz e amor ao próximo.

Vi pessoas a gritar aos sete ventos as suas boas acções, a caridade e a necessidade de ser-se humilde e partilhar com quem menos têm.

 

Até aqui tudo muito bem mas... e se continuassem com essa vontade toda pós-natal?

 

Não tenho por hábito comentar estas merdas mas este ano foi uma coisa por de mais de "humildes caridosos".

 

A minha mensagem para eles é...

 

Carissimos, façam caridade não hoje mas sempre.

Quem nada têm nada continuará a ter após o Natal. A caridade é algo continuo, não sazonal.

Não o faças SÓ para que os vossos amigos e seguidores vejam o quão bonzinhos/as vocês são. Façam-no sem demonstrar porque a caridade vem do coração não das fotos que se espalham na rede. A caridade não tem rosto!!

Olhem em volta, se calhar vão encontrar pessoas bem próximas com bastante dificuldade. A caridade não tem valor só quando é feita aos de fora.

Ofereçam um sorriso, um bom dia ou um olá também isso é humildade pois uma palavra pode mudar e alegrar o dia até da pessoa mais rica.

Sejam caridosos convosco mesmos pois ao ajudar os outros estão a ajudar-se a si próprios a serem mais e melhores.

O acto de dar não deve ser utilizado apenas para aprovação social e porque fica bonito na foto...deve ser utilizado para ajudar e amparar aqueles que mais precisam.

E sejam felizes a partilhar ontem, hoje e sempre!

04122014_GerirPartilharAmar2.jpg