Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Conversas, Café & Sorrisos

Atreve-te a ser tu mesmo todos os dias!

Atreve-te a ser tu mesmo todos os dias!

Conversas, Café & Sorrisos

31
Jan17

Coisas que acontecem (NOOOOT)


Ana Rita 🌼

Olá a todoooooos, sim eu sei tenho andado desaparecida mas anda dificíl entre trabalho e projectos novos. 

E nada melhor que vir aqui ao cantinho contar-vos a peripécia do meu fim de semana - ora leiam e riam-se! 

 

No domingo depois de tomar o pequeno almoço e vestir e tal eu e o esponjo lá largá-mos a preguiça e decidimos que ía-mos beber um café e comprar os essenciais da semana.

Toca de meter a mala ao ombro pegar nas chaves do carro do esponjo que tem TOOODAS as chaves e fechar a porta.

Qual não é o meu espanto quando olho para o porta-chaves do men e nada de chaves de casa.

A boa da Rita toca de procurar as suas bem ditas chaves na mala... NAAADAAA.

 

Eu no 3º andar ele no 1º - Mor as tuas chaves de casa? 

P. para automáticamente de descer degraus e começa a subir - Estão no porta chaves do Punto.

Eu a ficar de todas as cores - E o porta chaves do Punto?

P. chega ao pé de mim - Está em casa! As tuas chaves?

Eu a tentar respirar - Estão em casa e agora? Não temos chaves extra em casa de ninguém.

Silêcio.

Olhares...

Silêncio.

Como a nossa fechadura é daquelas velhinhas toca de tentar abrir com cartões, um clips e tudo o que estava ao nosso alcanse.

Até que o P. se passa e dá uma pezada na porte e VOILÁ porta abre-se. 

Tudo para dentro outra vez, o P. a remediar os estragos e tal...depois de 1h de volta daquilo lá está tudo OK outra vez o P. em brasa e tal.

Rita: Bem onde estão as chaves do Punto?

P.: Não sei, vamos procurar.

Toca de correr a casa toda na demanda das chaves e tal...o P. a desesperar e mais um bocadinho... nada de chaves em lado nenhum e tal e até que... PÁRA TUDO!

Rita: Olha lá, quais eram as chaves que estavam na porta?

P.: Não eram as tuas?

Rita: Não as minhas estão no cestinho onde as deixei na sexta.

P.: Então...só podiam ser as minhas chaves!

Rita: Ora, vê-lá dentro dos bolsos do teu casaco...é que foste tu que abriste a porta.

P. procura num bolso...NADA....

P. procura no outro e... sim é verdade minha gente ele "arrombou" a porta da própria casa e deu conta da fechadura COM AS CHAVES NO BOLSO.

 

E pronto lá fomos nós para as compras...ele cheio de vontade de se espancar e eu a partir-me a rir com a situação.

Turma-da-Mônica-2.jpg

 

 

12
Jan17

Dia de agradecer é todos os dias


Ana Rita 🌼

E nada melhor que começar o meu dia a agradecer à equipa do Sapo pelo destaque de ontem.

destaque.png

 Como é que cheguei a ele e porque é que me tocou?

 Ontem estava aqui sentada no meu estraminé de trabalho e precisava de me abstrair do barulho - num open space temos sempre burburinhos - para conseguir tratar de umas documentações. Ora para "acabar" com o barulho fui ao youtube e pus a minha playlist e assim que abri a primeira publicidade foi esta. 

Cativou-me não porque seja grande fã do Mc Donalds mas porque entretanto tinha minimizado a janela e o tempo de voltar a abrir estava na parte em que as pessoas colocavam as moedas e eram convidadas pela funcionária a sentar. E continuei a ver até ao fim... vi e revi do inicio. 

Tocou-me porque também sou mãe e mesmo que não o fosse uma criança doente - e neste caso crianças com doenças graves - não deixa ninguém indiferente.

Por uma ou outra vez quando vou ao Mc Donalds (não sou muito de comer lá mas vou muito pelos gelados) coloco umas moedas nas caixas. De ontem em diante vai tornar-se também uma prática minha.

 

Obrigada a todos vocês que perderam alguns minutos a ver este comercial e que me visitam neste meu cantinho à beira sapo plantado. 

10
Jan17

Vinde Visinhança...vinde ver a minha maquina vintage


Ana Rita 🌼

Bem isto poderia ser mais uma qualquer estória para rir e tal.

POIS QUE NÃO É...

 

Esta história começa aqui à umas semanas atrás quando a minha maquina de lavar decidiu começar a fazer uma chinfrineira desgraçada cada vez que a punha a trabalhar.

Tendo em conta que a pobre já tem 13 anos e levou grandes esfregas ao longo da sua vidinha até se portou bem - para uma maquina de marca branca.

Ora... o caríssimo esponjo disse "quando der o berro logo se vê!" - e assim fui vivendo com a minha maquina que mais parecia 3 unimogs a trabalhar todas ao mesmo tempo à espera que a desgraçada desse o seu ultimo suspiro.

 

No sábado estava eu a preparar o almoço e o meu amado pai estava comigo e a conversa foi assim:

Pai: Possa o que é que se passa com a tua maquina? aquilo está quase a dar o peido mestre... não metes aquilo a trabalhar à noite pois não? 

Rita: Achas só a horas decentes...ela já está assim à umas largas semanas pode ser que chegue ao verão para comprar uma nova com o subsidio.

Pai: Coitada da tua vizinha de baixo! - cheio de pena da senhora

Rita: Coitada é de mim...que tenho que estar a cozinhar e sempre a ouvir esta porcaria a trabalhar! - o meu pai olhou para mim com um ar de piedade.

 

Nem 10 minutos depois do meu lado direito ao fundo vem o barulho dos últimos lamentos agudos e terríveis da minha maquina - e um cheiro intenso a queimado.

Lá vou eu a correr tirar a roupa da maquina - UUUFFFAAA escapou - e tentar pô-la de novo a trabalhar e NADA.

 

Quando o esponjo entrou em casa tratei de lhe contar do falecimento da desgraçada e já a minha cabeça eram foguetes e imagens de maquinas todas topo de gama cheias de programas e AAA e +++ e a pensar a cor branca e cromado cinza - epá era o ferrari das maquinas na minha cabeça - ele ía ter que abrir os cordões à bolsa pelo menos desta vez!!

 

Fui dar uma volta mais o meu pai e o descendente mas sempre a pensar que quando chegasse tinha que ir à Worten ou à Radio Popular ou qualquer coisa nesse segmento - lá estava de certeza A minha maquina.

 

Pois que bem, quando cheguei a casa e entrei na cozinha no lugar da minha antiga maquina estava uma cena ENORME estilo modelo +/- moderno de um tanque que mais parecia saído do museu das maquinas ou de uma loja daquelas de antiguidades mesmo muuuuito antigas.

 

Rita de longe a apontar para AQUILO como se fosse uma doença muito contagiosa e mal cheirosa - O que é aquilo?

Esponjo com um ar muito mesmo MUITO feliz - A tua maquina de lavar nova!!

Rita com ar de FODASSE - A sério?? Onde é que foste desencantar aquilo? Eu nem sei mexer naquilo?

Esponjo com ar de zangado - Deram-me e se não sabes aprendes! Não é fixe ter maquina?

Rita a ficar verde ainda com mais ar de FODASSE - Dá para desenrascar mas...não fica nada estético! Aquilo tem o quê uns 100 anos??

Esponjo MESMOO zangado - Para desenrascar?? mas tu comes estética ao almoço e ao jantar?? é antiga mas está nova...é vintage e enquanto durar está muito boa!

Rita engole as lágrimas e o seu orgulho ferido de quem viu uma maquina nova cheia de programas, branca com cromado em cinza, toda AAA e +++ a evaporar nos próximos... sei lá, os anos que ISTO durar.

Sim sim sim...o meu marido É parente do tio Patinhas.

 

IMG_20170109_204518-2.jpg

 

 

 

 

05
Jan17

As cenas da Maria (das Palavras) e a porta que ela abriu


Ana Rita 🌼

Pois é Maria este post é inteiramente, literalmente e totalmente culpa tua!

Não bastava não seres IN ainda vens desmoronar as convicções de uma gaja com um post destes!!

(Foi quase tão mau como descobrir aos 6 anos que o Pai Natal era uma valente treta)

Incrédula... Ora pus dedos á Internet e não é que me deparo com coisas destas:

James Franco.jpg

Kara Delavign.jpg

Kim Kardashian.jpg

Miley Cyrus.jpg

Ricky Gervais.jpg

As celebridades também tiram BAD SELFIES??

MORRI!!

 

04
Jan17

Estou de visita à Miss Unicorn


Ana Rita 🌼

Olá olá... este ano comecei em grande - fui a primeira convidada da Miss Unicorn na rubrica Era uma vez...

146203940849547828.JPEG

Lá está um relato de uma das minhas (muitas) aventuras de infência, aqui fica um excerto:

"Era uma vez uma menina de 6 anos que sonhava com uma bicicleta cor de rosa com fitinhas no guiador e um cesto para levar as suas bonecas a passear.

Depois de muito insistir com os seus papás eles acederam ao pedido da menina e compraram a TAL bicicleta embrulhada cuidadosamente no Natal de 1993. A menina ficou felicíssima com a sua bicicleta que alem de tudo ainda tinha quatro rodinhas em vez de duas para facilitar a aprendizagem. Com muita paciência o pai da menina começou a ensiná-la a andar de bicicleta só que de cada vez que ele tentava tirar as rodinhas era um problema."

Vejam o resto no blog dela ... vai ser gargalhada certa e vão descobrir um dos meus segredos - alguém adivinha qual é?!