Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Conversas, Café & Sorrisos

Atreve-te a ser tu mesmo todos os dias!

Atreve-te a ser tu mesmo todos os dias!

Conversas, Café & Sorrisos

10
Jan17

Vinde Visinhança...vinde ver a minha maquina vintage


Ana Rita 🌼

Bem isto poderia ser mais uma qualquer estória para rir e tal.

POIS QUE NÃO É...

 

Esta história começa aqui à umas semanas atrás quando a minha maquina de lavar decidiu começar a fazer uma chinfrineira desgraçada cada vez que a punha a trabalhar.

Tendo em conta que a pobre já tem 13 anos e levou grandes esfregas ao longo da sua vidinha até se portou bem - para uma maquina de marca branca.

Ora... o caríssimo esponjo disse "quando der o berro logo se vê!" - e assim fui vivendo com a minha maquina que mais parecia 3 unimogs a trabalhar todas ao mesmo tempo à espera que a desgraçada desse o seu ultimo suspiro.

 

No sábado estava eu a preparar o almoço e o meu amado pai estava comigo e a conversa foi assim:

Pai: Possa o que é que se passa com a tua maquina? aquilo está quase a dar o peido mestre... não metes aquilo a trabalhar à noite pois não? 

Rita: Achas só a horas decentes...ela já está assim à umas largas semanas pode ser que chegue ao verão para comprar uma nova com o subsidio.

Pai: Coitada da tua vizinha de baixo! - cheio de pena da senhora

Rita: Coitada é de mim...que tenho que estar a cozinhar e sempre a ouvir esta porcaria a trabalhar! - o meu pai olhou para mim com um ar de piedade.

 

Nem 10 minutos depois do meu lado direito ao fundo vem o barulho dos últimos lamentos agudos e terríveis da minha maquina - e um cheiro intenso a queimado.

Lá vou eu a correr tirar a roupa da maquina - UUUFFFAAA escapou - e tentar pô-la de novo a trabalhar e NADA.

 

Quando o esponjo entrou em casa tratei de lhe contar do falecimento da desgraçada e já a minha cabeça eram foguetes e imagens de maquinas todas topo de gama cheias de programas e AAA e +++ e a pensar a cor branca e cromado cinza - epá era o ferrari das maquinas na minha cabeça - ele ía ter que abrir os cordões à bolsa pelo menos desta vez!!

 

Fui dar uma volta mais o meu pai e o descendente mas sempre a pensar que quando chegasse tinha que ir à Worten ou à Radio Popular ou qualquer coisa nesse segmento - lá estava de certeza A minha maquina.

 

Pois que bem, quando cheguei a casa e entrei na cozinha no lugar da minha antiga maquina estava uma cena ENORME estilo modelo +/- moderno de um tanque que mais parecia saído do museu das maquinas ou de uma loja daquelas de antiguidades mesmo muuuuito antigas.

 

Rita de longe a apontar para AQUILO como se fosse uma doença muito contagiosa e mal cheirosa - O que é aquilo?

Esponjo com um ar muito mesmo MUITO feliz - A tua maquina de lavar nova!!

Rita com ar de FODASSE - A sério?? Onde é que foste desencantar aquilo? Eu nem sei mexer naquilo?

Esponjo com ar de zangado - Deram-me e se não sabes aprendes! Não é fixe ter maquina?

Rita a ficar verde ainda com mais ar de FODASSE - Dá para desenrascar mas...não fica nada estético! Aquilo tem o quê uns 100 anos??

Esponjo MESMOO zangado - Para desenrascar?? mas tu comes estética ao almoço e ao jantar?? é antiga mas está nova...é vintage e enquanto durar está muito boa!

Rita engole as lágrimas e o seu orgulho ferido de quem viu uma maquina nova cheia de programas, branca com cromado em cinza, toda AAA e +++ a evaporar nos próximos... sei lá, os anos que ISTO durar.

Sim sim sim...o meu marido É parente do tio Patinhas.

 

IMG_20170109_204518-2.jpg